Livros

capa-tratadaversao-editora-era-participacao

Como entender a era da participação. Só baixar o e-book gratuito

A informação não é um privilégio ou um luxo, mas uma necessidade. O processo de comunicação está relacionado de modo íntimo com o macromercado de seres humanos que precisam de informação e comunicação todos os dias, da mesma maneira que precisam do ar que respiram. A sociedade atual se move em torno das pessoas, das suas histórias, de seus costumes, das suas experiências de vida, enfim, da informação individualizada. E, também, mais recentemente em torno de dados. Interpretar e decodificar dados virou a grande pedra filosofal das primeiras décadas do século XXI. A comunicação em base de dados está transformando o jeito de se fazer comunicação, seja em profissões como Jornalismo, Publicidade, Relações Públicas, Design, entre outras áreas das humanidades ou nas áreas bio-lógicas, por exemplo. O jornalista, o produtor, o publicitário, o cineasta, entre outros, profissionais que lidam com informação como matéria-prima de seu trabalho, têm de aprender a disse-minar a informação da melhor maneira possível. E ao profissional completo de comunicação não basta apurar. É necessário saber planejar, codificar metadados, editar e distribuir.

Livro sob licença Creative Commons
Baixe gratuitamente clicando aqui

 

 

Capa_2 Como entender a constelação de relacionamentos, sentimentos, informações e desejos que circulam em fluxos nas mídias sociais?As divagações (wandering) podem ser percebidas nas postagens do Facebook, nos grupos do WhatsApp, nos blogs, ou em tuites de 140 caracteres. Recorremos à filosofia, à cognição, à tecnologia da informação e à sociologia para tentar mapear essa narrativa orgânica e remixada. Em constante mutação, ela carrega a mudança social como uma textura. A sociedade mudou e a comunicação é um agente fundamental para construção de memória e sentido nesse novo contexto social…

Leia um trecho
Compre na Livraria Cultura

 

 

 

 


Capa_tamanho_blog  O livro ‘No tempo das telas; reconfigurando a comunicação’ é um thriller científico, com oito personagens ficcionais que vivenciam experiências reais do nosso dia a dia conectado, onde suas inter-relações mediadas por telas acabam se tornando uma espécie de rizoma deleuziano, mas sem o peso didático. São cenas baseadas em fatos reais ou mesmo ficcionais, em coisas que aconteceram em parte com nós mesmos ou amigos, amigos de amigos, pedaços de diálogos entreouvidos na rua, enfim, o mundo multifacetado como ele é hoje. Propomos mapear nossa relação diária com as telas, sejam de celulares, laptops, tablets e outros dispositivos. E como o uso de aplicativos como Twitter, WhatsApp, Facebook, Instagram e milhares de APPs vem mudando a forma das pessoas se comunicarem e por consequência a Comunicação. A sociedade informacional, vislumbrada por Castells, tornou-se mais flexível, remixada e cheia de camadas do que pensávamos no final do século XX. É uma mistura do tempo líquido proposto por Bauman com as experimentações técnicas de Manovich e sócio-antropológicas de Latour.

Leia um trecho
Compre na Livraria Cultura

 


03‘Hipertexto, hipermídia’ busca desvendar as representações, os processos e os modos de disseminação do conhecimento a partir do computador pessoal, do notebook, do palm, do celular, entre outras possibilidades. Este livro se propõe a mostrar este processo e os pensamentos de pesquisadores e jornalistas que vivenciam a hipermídia.

Leia um trecho
Compre na Livraria Cultura

 

 

 

 

 

 


02Esta obra procura reunir orientações com reflexões teóricas e ser uma ferramenta de aprimoramento que aposta na Internet como um veículo de comunicação promissor. Sumário – Capítulo I – Diário de bordo; Capítulo II – Internet brasileira; Capítulo III – Jornalista digital; Capítulo IV – O meio digital; Capítulo V – Cases; Glossário – Entenda o jargão da internet; Da arpanet ao twitter; Bibliografia.

Leia um trecho
Compre na Livraria Cultura