e-book na pauta da Flip

“John Makinson é o CEO da Penguin, que acaba de entrar no mercado brasileiro através da Companhia das Letras.  Convertido aos e-books, ele costuma viajar com originais no seu seu iPad, solução prática para quem normalmente lidava com quilos e quilos de material impresso. Convidado da Flip, ele vem debater com o historiador Robert Darnton sobre a questão dos livros diante das novas tecnologias”. 
Numa entrevista ao Guardian, ele falou bastante desse assunto: “Acho que sou bem mais otimista quanto ao que isso [a inovação dos e-books] representa para nós, editores, do que a maioria dos meus colegas. Claro que há questões para resolver sobre direitos autorais, preço, pirataria etc., mas há também essa oportunidade magnífica de melhorar muito nosso trabalho. E devemos encarar a publicação como um trabalho criativo. Gosto muito da ideia de que cada livro que dispusermos para um Ipad possa ter uma entrevista em vídeo com o autor, por exemplo. Não sei se a ideia é boa ou não, mas acho que devemos experimentar, mudar nossos hábitos – o que não é muito natural para boa parte dos editores. Outro bom exemplo são os historiadores: para eles, seria excelente poder usar imagens de documentários para ilustrar seus livros.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *