A atual sociedade da desinformação e seus riscos

capa_como-sair-das-bolhas4

Se colocar no lugar do outro, aquele outro ser humano, que pode ter sua reputação, sua vida destruída por notícia falsa, desinformação, pode ser uma ferramenta poderosa para evitar o compartilhamento que prejudica e espalha ódio. Ninguém veio a passeio para esse planeta.

Habitamos um corpo e temos uma missão. Precisamos espalhar AMOR, educação, empatia, pois a vida não é ganhar dinheiro, consumir cada vez mais, viajar, envelhecer e morrer. A vida não é também sua persona digital, seus likes e Stories. A vida é maior que tudo isso. Somos 7 bilhões de irmãos no planeta. Comece a se colocar no lugar do outro diariamente.

A revista Inspire-C conversou comigo sobre o avanço das fake news e a crescente máquina de produzir desinformação e como podemos mudar esse cenário e inspirar outras pessoas a começarem essa transformação. Como dizia Nelson Mandela, “ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele ou por sua origem, ou sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender. E se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar, pois o amor chega mais naturalmente ao coração humano do que o seu oposto. A bondade humana é uma chama que pode ser oculta, jamais extinta”.

Confira a entrevista em vídeo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *